janeiro 02, 2008

O Mar

Mar azul, profundo
De vagas grandiosas.
Mar confidente,
Que me ouve em silêncio.
Mar que me beija
Com a sua espuma salgada.
Mar que me embala,
Que me purifica.
Mar que me alimenta a alma!

37 comentários:

Sniqper ® disse...

No oceano dos sentimentos, navegando pelas vagas da vida, purificamos a nossa mente, libertando a nossa alma num eterno embalar de vivências...

Blondewithaphd disse...

It reminds me of a poem I learned when I was learning Portuguese: Ó mar, ó mar, quanto do teu sal são lágrimas de Portugal.
Nostalgic mood.

Tiago R Cardoso disse...

O mar que me fascina, eu que sou capaz de ficar horas a olhar o mar, mergulhado nos meus pensamentos e nos meus sonhos...

adrianeites disse...

nada melhor como ter o mar no horizonte para 2008!

Francisco Castelo Branco disse...

O mar purifica-me a alma.
Principalmente quando estou a fazer bodyboard.
Não sei porquê, mas é um excelente remédio para a saúde mental
Os problemas não se resolvem, mas são abordados de uma maneira diferente.
Alias, escrevi no meu blogue um artigo sobre isto.
Para quem quiser (Apanhar as ondas da vida em Novembro)

LUIZ SANTILLI JR. disse...

...Mar que me alimenta a alma!

Mas é o mesmo mar que me atira contra os rochedos,
Que despedaça meu coração e minha alma,
Que me tolhe a vida em suas profundezas,
Que me causa horror em sua fúria incontrolável!

Mas fiquemos só com suas palavras, pois as minhas têm o amargor dos tempos, dos tropeços já vividos!

Vejas coisas gostosas em Boa Leitura, pois teu irmão até algumas receitas já tem!

Abraço e beijo do Santilli

quintarantino disse...

O melhor será ouvir Claude Debussy ... La mer ...

bluegift disse...

Mar, mar azul, mar bravo, mar purificador, mar zen, mar saudoso... que só um oceano sabe ser. Um lindo poema para alimentar a lama.

LUIZ SANTILLI JR. disse...

O Quintarantino só tem as receitas de bolos! Justo o que ele não pode!
Mas o vatapá, vou montar uma receita, pois faço-o da minha telha!
Mando-lhe quando aprontar!

Beijos de 2008

Blondewithaphd disse...

Dearest, you know you left me without words...

Fa menor disse...

A mim também me deu para escrever sobre o mar... mas prefiro ficar pela margem, o mar é algo que me transcende!

Bjinhos

Carol Barcellos disse...

Quisera eu morar mais perto do mar...lindo poema. O mar realmente é um grande confidente.

Gostei demais!!!

Beijocas de cristal!!!

O Árabe disse...

Bem, é algo que temos em comum... a paixão pelo mar! :)

O Advogado do Senhor Diabo disse...

Olha, gostei, achas que posso voltar aqui mais vezes e comentar (não acredites no que te dizem de mim, julga por ti própria). Fico à espera que me autorizes.

Carol disse...

Aos meus amigos que me visitam desde o primeiro dia (ou quase!):

Obrigada pelos elogios, pelas palavras, pelo carinho. Sabem que prefiro passar pelos vossos cantinhos e deixar lá os meus agradecimentos, os meus desabafos. Mas hoje, tinha que responder a outra pessoa e não vos ia, de todo, ignorar. Beijinhos a todos!

Ao advogado do senhor diabo:

Até ver, este espaço destina-se a todos que aqui queiram vir, ler e comentar aquilo que escrevo.
Presumo que me tenha descoberto num outro blogue que visito assíduamente. Presumo, também, que saiba ou deduza os laços que me ligam aos membros do mesmo. Pena é que diga conhecê-los tão bem e não saiba que não são do género de andar a fazer queixinhas....
Por último deixe-me que lhe diga que, apesar de arraçada de loira, nunca fui de me seguir pela cabeça dos outros e, como tal, sempre fui capaz de formar as minhas próprias opiniões...

JOY disse...

Olá Carol,

Também eu sou um apaixonado do mar e sempre que posso vou ao seu encontro. Admiro tanto a sua calma como a sua furia.

JOY

O Advogado do Senhor Diabo disse...

Como aqui cheguei não é interessante. Para mim, interessante é que cheguei aqui e tropecei no teu poema. Gostei da "virgindade" das tuas palavras. De resto, o teu poema sugere-me:

Uma porta encostada,
Com dobradiças de sal.
Espreitando, vê-se uma mulher sentada,
De olhar irrequieto, mas parada,
à espera do temporal.
Se se bate à porta… estremece!

Interpreto mal? Que importa
Se estremece ou não estremece?
Na poesia conta o que se sente…
A vida, essa é sempre diferente
Do que, na poesia, parece.

o advogado do senhor diabo disse...

Como aqui cheguei é interessante?
Ms como se nem eu sei. Aliás, eu nem sei o que sei. Antes eu acho que sei muito e no fundo o espelho diz-me que não sei nada!

O Advogado do Senhor Diabo disse...

Penso que me estás a confundir com alguém que conheces, mas eu não. Penso que não me queres aqui e por isso não há razão para voltar. É pena, o teu blog não é pretencioso. Tu não és pretenciosa. Compreendo agora a mensagem "...saiba ou deduza os laços que me ligam...".
A vida está cheia de mal entendidos e este é teu.
Mas então porque me disseste a seguir: "...sempre fui capaz de formar as minhas próprias opiniões..."? É que eu acreditei em ti.

Fica bem, mas olha, numa olhadela rápida, tens a certeza de que os teus outros comentadores te bastam?

DS disse...

O mar é a nossa essência!
Bjos!

Miss Vader disse...

Gosto do mar,ás vezes está muito frio mas é fixe na mesma!
E tu tia, tudo?

Carol disse...

Ao advogado do senhor diabo:

Para mim, sinceramente, é irrelevante se volta ou não.
Não sei quem é, não o tenho como amigo ou inimigo e não percebo como é que pode sequer pensar que me conhece ou sabe como sou...
Quanto à questão que me coloca, posso-lhe dizer que sim, os comentadores que aqui tenho são suficientes.
Não criei este blogue para ter público. Criei-o para perceber se alguém se poderia rever/ identificar com o que eu escrevo e já percebi que sim.
Este blogue é um escape meu. E, como é meu, no dia que não sentir necessidade de o ter, no dia que não me der prazer, encerro-o simplesmente. Certa, no entanto, que algumas destas pessoas continuarão a fazer parte da minha vida!
Podem ser poucos, mas são muito bons!

antonio disse...

O mar é imenso e tranquilo, existem pessoas assim...

SILÊNCIO CULPADO disse...

Também a mim o mar me alimeta. O mar e o fogo. Livres e nunca iguais. Ambos fortes e ambos indomáveis.
No entanto, sempre irresistíveis.

Blondewithaphd disse...

Chèrie de mon âme, what impressive domínio de so viele Sprachen! My tipo de donna!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Carol, o teu poema sobre o mar.
Colocou o meu coração a chorar de emoção.
Muitos Beijinhos,

Fernandinha

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Carol

Já estava com saudade de suas palavras, de suas visitas.
Será que estou enganado, mas como poderei te passar receitas?
Do Quintarantino tenho o e-mail mas de você não!
Á receita do Vatapá tem um link no side-bar do BOA LEITURA, logo no início, é clicar e imprimir.
Teu poema é incomparavelmente melhor que o meu! Eu apenas coloquei meu "pitaco"(*), fruto de minhas experiências vividas...
Deixe prá lá.
Beijos e não se afaste tanto!
(*)Gíria que significa "dar palpites em"!

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Olá Poetisa

Tudo que sabes da culinária podes me passar aos poucos. Está uma calor dos infernos aqui em São Paulo, e tudo que puder refescar será bem vindo!
Me desculpe, mas ainda não achei uma foto que me agrade para meu perfil!!!
Teu irmão já comentou isso!!
Parece coisa de neurótico!
Beijo na testa

SILÊNCIO CULPADO disse...

Carol
As tuas mensagens mexeram comigo.Deves ser uma pessoa extraordinária para saberes compreender assim.Gostava de fazer um post com as tuas opiniões. Se estiveres de acordo envia-mo para: lnsoares@aeiou.pt
Um beijinho

7 Pecados Mortais disse...

Cara carol, deixei um comentário no blogue "Silêncio Culpado" em relação ao seu deixado lá, logo a seguir ao meu. Os meus cumprimentos.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Carol, passei para deixar-te um beijinho,
Fernandinha

Sol da meia noite disse...

O enigma que é o mar...
Sempre o mar...

Beijinhos

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Carol

Antes do Natal estava com 125 quilos, muito para meus 1,75 de altura.
Depois do ano novo fui a 127 quilos!!!!!!!!!
Hoje, depois de muita fome e exercícios (acelerar e frear que meu carro é automático) baixei para 120,0 quilos!
Gordo emagrece rápido e engorda mais rápido ainda!!
Agora tomei uma decisão: vou aos dois dígitos até junho!!!
Agora, terei que esconder sua lista de receitas!!!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá Carol, voltei para reler-te.
Amiga, muitos beijinhos.
Fernandinha

Whispers in night disse...

ola Carol!
Desejo que 2008 te traga todos os teus sonhos, mesmo aqueles que achas que sao impossiveis de se realizarem......
O Mar, o cheiro o barulho que faz quando as rochas vem beijar, o Mar, algo que eu amo infelizmente nao o tenho perto de mim
Muito bonito poema adorei.
beijinhos mil
Whispers

Blondewithaphd disse...

Yo girl, we're waiting...

O Profeta disse...

Ergui-me ao vento na tua procura
Fundi um abraço com o sol da tua ternura
Modelei o amor com as palavras mais belas
Curso de errante espírito na tua procura

Porque o pensamento é voo de milhafre
Aprisionado em gaiola de palavras
O infinito e o incomensurável
Volto ao encontro das tuas profundas mágoas

Bom fim de semana


Mágico beijo