janeiro 30, 2008

Vencer Barreiras

Vou partir todos os muros
Que nos afastam!
Vou construir estradas vocabulares,
Vou erguer pontes frásicas!
Vou aprender as línguas do mundo,
Dominar os seus enredos,
Para que me possas perceber!
Vou usar a língua gestual,
Vou desenhar e mimicar!
Vou soletrar e com as minhas palavras
Vou-te conquistar!

23 comentários:

sniqper ® disse...

Mais nada, quem quer, encontar sempre o meio de o conseguir...

Whispers in night disse...

Olá Carol!
E conquistas, conquistas com as mais lindas palavras, com a tua alma, com a tua beleza interior, não precisas fazer muito esforco, para conquistar os corações:)quem te vai lendo vê a pessoa maravilhosa que és.
beijinhos mil
Rachel

Tiago R. Cardoso disse...

Há muito tempo que as tuas palavras me conquistaram, todos os dias aqui paço para as ler, deixo apenas em troca amizade...

Carol disse...

Sniqper, a vida é uma luta diária. Quem quer conquistar algumas vitórias, tem de lutar e lutar com garra.

Rachel, you can´t imagine how your words made me happy. You too are extremely beautiful!

Tiago, nada mais quero em troca, A amizade é o tesouro que mais valorizo. Obrigada por nme dares algo de tão precioso! E eu esatrei sempre aqui, amigo. Sempre que precisares!

Sol da meia noite disse...

Adorei o poema.
Apetece-me fazer o mesmo, mas sinto que os muros mais frágeis, são os mais difíceis de partir...

Beijinhos

Carol disse...

Não são nada, Sol. Tens é que ir retirando as pedras, bem devagarinho, para que o muro não desmorone...

quintarantino disse...

Muito bem... viver e lutar como uma leoa!
Gosto de te ver assim confiante.

Tchivinguiro: onde nasci. disse...

Derrubar barreiras é vencer, é dar um passo mais além, é chegar aonde mais se possa.

Bonito poema.

Lampejo disse...

Carol,

Teu poema congrega o sabor das conquistas entre elos dormente.
E esse sabor Carol,não tem tamanho!

(a)braços flores..Lusitana guerreira!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Desistir, nunca
lutar sempre por aquilo que se ama e que se acredita, mesmo que não se tenha.
Porque posse é diferente de luta.
Às vezes é acomodação e desistência.

adrianeites disse...

esse é que é o verdadeiro espirito!

Carol Barcellos disse...

Estou contigo, Carol, determinação é a palavra! E ainda temos o privilégio de termos nascido mulheres, porque temos um poder a mais no requisito conquista. Fazer o quê, né? Hahaha...quando a gente quer, é um problema sério! Esse muro vai ser partido mesmo!!!

Beijos doces cristalizados!!!

Carol disse...

Quin, my dearest brother, I've learned it with you!

Tchivinguiro: Obrigada pela visita. Volta sempre.

Lampejo; não, desistit nunca!

Lídia: Não, eu não quero possuir. Possuir é "cortar as asas".

Adrianeites: Ah, pois é!!

Carol, metade do muro já foi à vida! Hoje dou cabo do resto!

Blondewithaphd disse...

It's called communication!
And it's the fighter in those words.

Carol disse...

Blondie, that's certainly true!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Carol, deixo-te muitos beijinhos de carinho.
Fernandinha

O Árabe disse...

Escrevendo bem assim... não deve ser difícil! :)

poetaeusou . . . disse...

*
vou continuar
as visitas, aqui,
,
porque gosto, muito,
,
conchinhas
,
*

Elenara Castro Teixeira disse...

Simplesmente vou te fazer encantar-se com as minhas palavras!
Elas serão o reflexo da minha alma, coração e paixão depois dela, TUDO!
Um abraço!

Carol disse...

Árabe, neste caso não foi. Mas há ouvidos e olhos que são difíceis de conquistar só compalavras!

Poeta, fico feliz por assim ser!

Elenara: Seja muito bem-vinda! Daqui a um bocadinho, vou descobrir mais sobre si. Obrigada pela visita.

Whispers in night disse...

Ola Carol!
venho te desejar um fim de semana Maravilhoso
Tenho dois premios para ti em meu blog, teu blog os merece bem.
Mil beijos
Rachel

Francisco Castelo Branco disse...

É um bom poema......
Vencer barreiras psicológicas, é uma grande vitória na vida

E depois vem o mais saboroso....

Fa menor disse...

Pois, muito bem!
Há que derrubar muros e construir pontes. Sempre!

Bjinhos