fevereiro 14, 2008

Assim Hei-de Viver

Um dia de cada vez,
Sempre te ouvi dizer.
Por isso, meu amor,
Assim hei-de viver.
Hei-de amar-te, com fervor,
Até ao fim de cada dia,
Até chegar o anoitecer!

Cada dia é um dia,
Sempre te ouvi dizer.
Por isso, meu amor,
Assim hei-de viver
Até ao dia em que morrer.
Vou-te amar até ao anoitecer,
Até que se acabem os dias,
Até ao fim do meu viver!

22 comentários:

Whispers in night disse...

Ola Carol!

Um dia de cada vez, um passo a frente do outro pe.
Nunca andar para tras e sempre para a frente.
Bonito teu poema, como ja era de se esperar.
Carol, que teu dia dos namorados seja maravilho, seja com quem for, que o passes em amor e paz
beijinhos mil
Rachel

Lampejo disse...

Carol.

Um poema de laços carmim.

Estrela saboreie cada segundo deste teu “um dia de cada vez”

Mas prometa renovaste a cada dia no teu “hei de viver”.


(a)braços e flores :)

Carol Barcellos disse...

Há de celebrar o amor, no momento em que ele é vivo, e ser grata por cada momento de sentimento mútuo. Gosto muito disso nas tuas poesias!

Beijinhos doces cristalizados!!! :o*

P.S. Uma ótima semana, cheia de AMOR e muitas realizações!!! :o)

MIMO-TE disse...

Pois é quando o amor é forte, achamos sempre que é para sempre :)
Mas ainda bem que pensamos assim...

Beijo linda e que ames sempre assim!

Mimo-te

Tiago R. Cardoso disse...

olha amiga, quem fala assim não é rouca...

Este é um daqueles que para mim é para apreciar e sentir, excelente.

poetaeusou . . . disse...

*
mensagem standard
*
neste dia, recusa
o manto da solidão,
“ cobre-te de ti “
e sairás renovada(o)
,
in-poetaeusou
,
conchinhas
,
*

quintarantino disse...

Passei e li-te. Gostei, ó poetisa!

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida amiga Carol, Adorei o teu poema... Lindíssimo!!!
Belo dia de S. Valentim.
Beijinhos com carinho e amizade.
Fernandinha

Tó-Zé disse...

Um dia d evada vez, amando intensamente como não houvesse amanhã..
lindas palavras

beijinhoo

Sol da meia noite disse...

Celebrar cada dia, na plenitude de cada momento...

Beijinhos

Daniel J Santos disse...

Que tenhas um grande fim de semana.

Não te esqueças de passar lá no NOSSO local para leres, tens recebido imensos elogios pela tua fantástica escrita.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Carol
"Ah aproveitar ao máximo o que ainda nos resta
antes que o pó se transforme em pó
sob o pó jazer.
Sem vinhos, sem canções e sem poetas.
E.... SEM FIM!"
Não é meu este pensamento. Descobri-o, não me lembro já onde, mas retive-o e lembrei-o ao ler o teu belo poema.

Um beijinho

Sei que existes disse...

Simplesmente... Excelente! Que o amor seja sempre assim!
Beijocas grandes

Budas disse...

Olá Carol
Quero agradecer-te pelos conselhos que me deste .
Vou segui-los para poder ter um melhor blog.

BUDAS

Blondewithaphd disse...

Of course: one day at a time, step by step, episode after episode. We shouldn't rush life because life's already a rush in itself.

(just a brief remark: your poems are developing and are now deeper than the ones I read here when I discovered your blog. Exercising is good practice)

nuvem disse...

Isto é que é uma declaração de amor! :) Haja coração para receber tão ternas palavras.

Beijinhos

Whispers in night disse...

Ola Carol!
Desejo que a tua semana esteja a ser maravilhosa
Beijinhos mil
Rachel

bluegift disse...

Ah Fadista! A sério que dava para fazer um fado bem catita ó Carol :)

darkest poet disse...

uma bela maneira de celebrar o amor...
Excelente poema... =))

Fa menor disse...

Gostei muito!
Amar sempre,
um dia de cada vez
e um dia atrás do outro!

Bjinhos

Sniqper ® disse...

Um dia de cada vez,
Durantes semanas,
Que se transformam em meses,
Acabando num ciclo de anos,
Onde sempre e todos os minutos,
Te fui amando...

Um sonho, mas eu gosto...

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Carol amiga

A vida é feita para se viver!
E vive-se de instantes a instantes, nunca iguais e jamais repetidos!
A felicidade também é quântica nesse sentido, indeterminada quanto ao instante, porém sentida quando presente.
Beijo e não perca essa:
OS GORDOS TAMBÉM MENTEM.