fevereiro 21, 2008

Tatuagem

Tatuaste um sonho
No meu corpo,
Pintado de fantasia e ilusão.
Desenhaste traço a traço,
Preencheste com tinta colorida
Cada espaço livre, cada vazio.
Deixaste a tua marca indelével, inconfundível...
Tatuaste a paixão e o ideal,
Tatuaste o cíume e o amor
No meu coração!

18 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Carol
As tatuagens nunca podem ser removidas e são sempre iguais. Os sentimentos mudam ainda que deixem marca.
Beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
poema soberbo,
,
pintado de fantasia e ilus�o
ou
talvez n�o,pintado de realidade,
,
conchinhas
,
*

Sol da meia noite disse...

O que em nós está tatuado... em nós fica.

Beijinhos

Tiago R. Cardoso disse...

E que bela tatuagem é essa...

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Carol, belíssimo poema... Amiga, muitos beijinhos de carinho e amizade.
Fernandinha

tulio hostilio disse...

Bastou uma noite de chuva, com 118 milímetros por metro cúbico, na zona de Lisboa e arredores, para que nossas tradicionais debilidades, em matéria de segurança (no domínio da protecção civil), fossem postas a descoberto.

Pepe Luigi disse...

Belíssima poesia em apelo à perene forma da fantasia e do sonho, da paixão, do ciúme e do amor.

Fique bem e desejo-lhe um Bom Fim de Semana.

Blondewithaphd disse...

Hmm... Tattoos... What can I say? They're a piece of you really. I guess you can't go back on them, can you? And literally... I love tattoos!

Vieira Calado disse...

Ora aqui temos uma tatuagem bem feita.
Votos para que não seja daquelas
que se esboroam com a água que passa.
;)

Beijinhos

adrianeites disse...

boa semana!

Lampejos disse...

Carol,

Quanto tempo leva para nos deixáramos ser tatuadas (os) com os espinhos que a pele não rejeita?

Acho que às vezes nunca percebemos o início dessa tatuagem...e quando isso acontece, já tatuaram as curvas na parede da pele...e da nossa alma!

Belo poema (viu!)

(a)braços e flores :)

quintarantino disse...

tatoo? ok!

Carol Barcellos disse...

Eu queria uma tatuagem dessas e ganhei: é linda, indelével e inconfundível, como tu disseste. Agora o sem-noção me manda esquecer... Não dá, é indelével! E acima de tudo, se não fosse, eu não ia querer apagar, porque é a ideal!!!

Amei seu poema, Carol, me identifiquei completamente....hehehe, dá pra ver, né?

Beijinhos doces cristalizados!!! :o*

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Pouco entendo de poesias e menos de tatuagens!
Mas não gostaria de ter nehum sentimento tatuado em meu coração!
Na verdade Carol, o coração é usado metaforicamente, pois sentimentos e emoçoes só ocorrem na mente!
Esse meu papo neurocência deve irritar os romanticos!
Mas na verdade, tatuagens, como disse a Lídia, são marcas perenes, ao passo que as emoções se modificam ao longa de nossas experiências.
Nossas paixões, que são emoções, podem aumentar ou sumir!
A única semelhanças com as tatuagens retiradas e a imensa dor quando terminam.
Estou meio racional de mais, não liguem!
Pode ser por despeito!

Luiz

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Pouco entendo de poesias e menos de tatuagens!
Mas não gostaria de ter nehum sentimento tatuado em meu coração!
Na verdade Carol, o coração é usado metaforicamente, pois sentimentos e emoçoes só ocorrem na mente!
Esse meu papo neurocência deve irritar os romanticos!
Mas na verdade, tatuagens, como disse a Lídia, são marcas perenes, ao passo que as emoções se modificam ao longa de nossas experiências.
Nossas paixões, que são emoções, podem aumentar ou sumir!
A única semelhanças com as tatuagens retiradas e a imensa dor quando terminam.
Estou meio racional de mais, não liguem!
Pode ser por despeito!

Luiz

O Árabe disse...

E, feliz ou infelizmente, estas tatuagens demoram a desaparecer... :) Belos versos!

Sniqper ® disse...

Remover uma tatuagem é simples... Viver com ela é bem mais complicado...
Pensamentos, recordações, momentos, esses ficam para sempre e, bem ou mal temos de viver com eles...

Dalaila disse...

e esculpiste-te no tempo