março 27, 2008

Desisto!

Sem amor não existo.
Sem a dor e a ilusão
Não persisto.
Sem a tua voz
No meu ser mais profundo
Desisto!
Desisto de lutar
Sem o teu olhar
Marcado no meu corpo.
Desisto de marchar
Em direcção ao sonho
De uma paixão tão singular...

19 comentários:

Fa menor disse...

Não desistas... parte para outra! eheh desculpa, não era isso que deveria dizer, mas saiu-me...

O amor é o que nos faz viver. Sem ele tudo perde o sentido!
Beijinhos

R.G. disse...

Aqui tens um belo "cantinho"...
Jamais desistas de versar.


____________________Linha Perdida

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida amiga Carol, sem amor existes... Sem dor e ilusão persistes... Porque primeiro amas a ti própria e depois... muito depois é que podes desistir... por agora lutas em direção ao teu sonho...
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Blue Dreams disse...

Ama-te em primeiro lugar a ti propria, tudo o resto virá depois. E ai veras que tudo tem muito mais sabor, muito mais cor e muito mais intensidade.

P.S.- Enviei-te um convi-te para o meu blog, ve o teu email.

Blue Kiss

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá Carol, belo poema...Mas não desistas !
Um beijo

SILÊNCIO CULPADO disse...

Carol
Deixo-te este poema de Eugénio de Andrade


ADEUS

Já gastámos as palavras pela rua, meu amor,
e o que nos ficou não chega
para afastar o frio de quatro paredes.
Gastámos tudo menos o silêncio.
Gastámos os olhos com o sal das lágrimas,
gastámos as mãos à força de as apertarmos,
gastámos o relógio e as pedras das esquinas
em esperas inúteis.

Meto as mãos nas algibeiras
e não encontro nada.
Antigamente tinhamos tanto para dar um ao outro!
Era como se todas as coisas fossem minhas:
quanto mais te dava mais tinha para te dar.

Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes!
E eu acreditava.
Acreditava,
porque ao teu lado
todas as coisas eram possíveis.
Mas isso era no tempo dos segredos,
no tempo em que o teu corpo era um aquário,
no tempo em que os meus olhos
eram peixes verdes.
Hoje são apenas os meus olhos.
É pouco, mas é verdade,
uns olhos como todos os outros.

Já gastámos as palavras.
Quando agora digo: meu amor...
Já não se passa absolutamente nada.
E no entanto, antes das palavras gastas,
tenho a certeza
de que todas as coisas estremeciam
só de murmurar o teu nome
no silêncio do meu coração.

Não temos já nada para dar.
Dentro de ti
não há nada que me peça água.
O passado é inútil como um trapo.
E já te disse: as palavras estão gastas.

Adeus

Carol Barcellos disse...

Todos me dizem para desistir, ams eu não consigo, pq no fundo continuo acreditando no sonho. Se não etsá me fazendo nenhum mal, acho que vuo, então, continuar a sonhar...

Lindo poema, Carol!
Beijinhos doces cristalizados!!! ;o)

O Guardião disse...

O segredo da vida é nunca desistir, ainda que os objectivos da persistência possam mudar, a busca da felicidade continua.
Nós somos uma caixinha de surpresas, por vezes nem damos conta de como gostamos de viver.
Cumps

Sei que existes disse...

Desistir? Isso é que não!... Nunca, mas nunca mesmo desistas de lutar por aquilo em que acreditas e pelo amor!mas luta por aquilo que sentes e sabes que te fará feliz e não por algo que no fundo sabes que não te deixa bem...
Beijo grande

Blondewithaphd disse...

Ó Carol não sabes que desistir é palavra que não deve constar nos nossos dicionários? Vá, toca mas é de seguir em frente e o resto é conversa!

O Profeta disse...

Esta é a alma que voa de um Profeta
Ao encontro do teu sentimento
Este é o sal de alva espuma
Que te ofereço e diadema de espanto…

Olhos de alma, da tua alma
Quero-os no cais da minha chegada
Espero por ti em manto de ternura
No encontro da minha caminhada


Bom fim de semana

Mágico beijo

juniupaulo disse...

Com Certeza, Carol, é difícil persistir sem as ilusões. Por isto mesmo, outras nascem... sempre. :)

joshua disse...

Se fosseS menos sociável verias como o teu desisto seria mais parecido com o meu, Carol.

PALAVROSSAVRVS REX

Sniqper ® disse...

Quem tal diz, desisto é simplesmente um grito de existo...
Beijitos

Sol da meia noite disse...

Momentos há, em que este sentir nos domina...

Força!

Beijos

Um Momento disse...

Hum...
Jamais desistas...
Vai em frente e ...luta por aquilo que queres e amas:)

Beijo!

(*)

Adoa disse...

Por favor desiste de desistir!!

Beijo!

darkest poet disse...

desistir...expressão que desfaz a nossa existência...
é preciso ter coragem para não desistir...

o poema é lindo... =)

bjs

Isabel

darkest poet disse...
Este comentário foi removido pelo autor.