março 17, 2009

Saudades de ti

Abro a porta à saudade,

Que entra e se instala no meu quarto.


Enche a noite de solidão

E transforma o dia em escuridão.



Quero ter-te do meu lado,

Bater a porta à saudade

E sentir sorrir o coração.

10 comentários:

Blondewithaphd disse...

Sabes, não gosto lá muito de saudades. Doém (como é que isto se escreve, gaita?) que se farta! E dessas aí... ui é fugir!

DANTE disse...

Psssst? Tenta o vulgarmente chamado 'telefonema' ;D

Saudades é mau mesmo :{

Jokas Carol :)

Amor amor disse...

Saudade só é bom quando a gente pode cortá-la em pedacinhos, hehehe...

Beijocas doces cristalizadas!!! ;o>

Peter disse...

Deixa sorrir o coração, tens a vida à tua frente.

jo ra tone disse...

Que a saudade se transforme em dias bem iluminados.
e quentes,
como estes dias.
Bjo

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA CAROL... ADOREI O TEU POEMA... UM POEMA DE SAUDADE MUITO BONITO... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA CAROL... ADOREI O TEU POEMA... UM POEMA DE SAUDADE MUITO BONITO... UM GRANDE ABRAÇO DE CARINHO,
FERNANDINHA

A Palavra Mágica disse...

Carol,

Que bom te ler de novo. Já estava com saudades de ti.

Na resposta ao teu comentário, no Abismo Noturno, tem informação sobre o Dia Internacional da Poesia.

Um beijo!
Alcides

Pedro Barata disse...

Não acho que a saudade seja má, pois para haver saudade tem que existir sentimento bom... E isso é excelente!
Beijocas

Joaninha disse...

Boa ou má depende do quê ou de quem se tem saudade...

Beijos minha querida.