abril 26, 2009

Vento

O vento é cruel,

Castiga-me,

Porque traz nele o teu cheiro,
O sabor a sal da tua pele.

Traz a saudade do teu corpo,
Traz a tristeza da tua ausência,
Traz a mágoa da distância.

7 comentários:

A Gata Christie disse...

E se há coisa que tem havido pelas minhas bandas é vento!

A Palavra Mágica disse...

Carol,

O vento traz tantas coisas. Quem sabe...

Beijos!
Alcides

Whispers disse...

Olá,querida Carol!

O vento traz o que o coração não quer esquecer.

Desejo que tenhas uma boa semana
beijos mil
Rachel

Joaninha disse...

Como eu te compreendo...Parece que faz e proposito o vento...

beijos

sofia disse...

ai Carol q tb eu ando numa de saudades!!! Acho q vou escrever qq coisa sobre isso... pode ser q me liberte 1 pouco a alma...

beijokas ;)

Adoa disse...

Mais vale deitar o que näo presta logo ao lixo e näo ficar a pensar duas vezes no caso...

Mas assim como assim, nina, mais valia tentares a sorte no Euromilhöes...

Vais ver que em pouco tempo te aparecem uns quantos à porta... é só escolher!

- Carol, levanta a cabeca e vai em frente... Respira fundo e ganha coragem. Amanhä é sempre um outro dia...

Beijos

Pedro Barata disse...

Saudade, um sentimento bom! Sinal que se gosta...