setembro 24, 2009

Ruínas

O mundo ruiu à nossa volta.
Pedra atrás de pedra,
Lentamente,
Até nos soterrar...
Até nos sufocar...
Até nos esmagar...

12 comentários:

A Palavra Mágica disse...

Calma!

Não é o fim do mundo.

O mundo ruiu à nossa volta, não dentro de nós.

Beijos!
Alcides

Amor amor disse...

Deve haver um momento para lamentar e chorar. E depois, reconstrução. De um novo projeto, ou do mesmo, mais modernizado.

Saudades, flor!

Beijinhos doces cristalizados!!! ;o)

Pensador disse...

A partir das ruínas do nosso mundo é que podemos parar e reconstruir nossas vidas.
Um bom final de semana!

Alice disse...

Ups... pelos vistos não foi só á vossa volta...mas deixa lá, há que morrer para voltar a nascer

Unseen Rajasthan disse...

Beautiful Post !Unseen Rajasthan

Ferreira-Pinto disse...

Bem, pelo menos andas outra vez por aqui na labuta!

Blondewithaphd disse...

Pois minha linda, sabes o que se segue à destruição, não é? Reconstrução!

Joaninha disse...

E agora ergue-se novamente. O ciclo é mesmo esse :)

beijo

jo ra tone disse...

Isso tb aconteceu com o PR.
Daí toca a equipar com resistentes armaduras e forças, para nos libertarmos desse peso que nos colocam em cima.
Acima de tudo muita atenção à astúcia de certos indivíduos.
Beijo

Gaia disse...

Bom... Parece que não estou só. O Mundo também andou a ruir por aqui...

Cumprimentos.

Ferreira-Pinto disse...

Novas? Nada?

Ferreira-Pinto disse...

Raios partam, com estes madrassos como ha-de o país ir para a frente?