dezembro 18, 2008

Solidão

O sol fugiu
E deixou que as nuvens invadissem o nosso jardim
O dia tornou-se noite
E a luz deu lugar à solidão

6 comentários:

Abobrinha disse...

Carol

Estás louca? E logo em Aveiro, que tem tanta luz? Tu ganha juízo e vai dar uma voltinha para espairecer!

Isto só pode ser lua!

Carol disse...

Nem imaginas como esse "louca" se adequa ao momento, ABOBRINHA! Mas, neste momento, amiga, em termos de luz realmente não há muita. Está um nevoeiro do caraças!

Abobrinha disse...

Carol

Eu sei! Por isso é que te quero puxar desse "nevoeiro"...

DANTE disse...

Resta esperar que a solidão fuja , que a noite leve as nuvens e que a luz do sol traga um novo dia :D

Jokas Carol :)

francis disse...

se está nevoeiro, toca a buzina, para te encontrarem...

Dalaila disse...

e que venha um vento forte, vento de dentro e leve as nuvens para bem longe